MÚLTIPLOS DE 1, MÚLTIPLAS DE UMA
Por Luiz Eduardo Achutti

Lou Borghetti pinta, passeia, dá aulas, viaja, fotografa.
Lou Borghetti não para, não dá tempo ao tempo.
Em viagem, ou não, ela registra o tempo transformado em textura. Alguém já disse que o tempo tem assinatura nos muros, portas e paredes pelos caminhos sejam quais forem? Bom, então está dito e fotografado.
Lou é mais veloz que o tempo, ou será que ela desobedece ao tempo? Múltiplas de uma artista, ela fez das marcas estáticas do tempo, movimentados, quase sonoros Múltiplos de 1.
Sabe-se lá o que ela fez! E hoje, agora, para que pintar se já estava “pintado” aquilo que ela capturou, e multiplicou?
Amanhã ela vai pintar, vai passear, fotografar. E não vai depender do tempo!

Luiz Eduardo Achutti
Fotógrafo, antropólogo e professor do Instituto de Artes da UFRGS

ELIZETHE BORGHETTI PAINTS, TRAVELS, TEACHES, PHOTOGRAPHS.
Luiz Achutti

Elizethe Borghetti does not stop, she leaves no time for time.

Traveling or not, she records time transformed into texture. Has anyone said that the passage of time has left its signature on the walls and doors? Well, that said, it is photographed. Is Elizethe faster than time, or does she disobey time? Multiples of one artist she makes almost audible, restless Multiples of 1 from the static marks of time.

Who knows what she has done! And now, why paint what she has captured and multiplied if it was already “painted”?

Tomorrow she will paint, go out, photograph. And it will not depend on time!

Luiz Eduardo Achutti
(photographer, anthropologist and teacher at UFRGS Art Institute)